10 coisas boas e (nem tanto) que a gente só aprende no primeiro ano de casado | Me Apaixonei

10 coisas boas e (nem tanto) que a gente só aprende no primeiro ano de casado

3044
0
Compartilhe:
Compartilhe esse post:

É o amor que move o mundo, cria a vida e deixa tudo que é banal mais colorido e feliz. Mas na hora de encarar o casamento, nem todos conseguem manter a chama do amor acesa.

Se você pensou que tudo seria um mar de rosas, você estava enganado(a). Porém, por mais que não seja um conto de fadas, há muito o que agradecer ao seu matrimônio. Veja o porquê:

O que ninguém te diz sobre casamento

1. Se for possível, contrate alguém para limpar a casa

Pense em todas as vezes que você vai acabar discutindo sobre quem vai limpar isso ou aquilo. Se a sua condição financeira permite, contrate alguém para limpar a casa de vez em quando: os dois ficarão mais felizes de viver em uma casa limpa e poderão desfrutar desse tempo juntos.

2. Você pode não saber quando é o momento certo para ter filhos

Se você estava esperando um sino para te avisar, esqueça. Se você quer ter filhos, se programe para tê-los (ou adotá-los). Se você não quiser, não os tenha. E se você pensava que não queria ter, mas agora sim quer, nunca é tarde demais.

3. Se casar muda algumas coisas, ter filhos muda tudo

Se você pensava que depois do casamento tudo seria feliz para sempre, você se enganou. Se havia problemas entre vocês antes do casamento, eles ainda estarão lá após a lua de mel. Em compensação, o nascimento dos filhos pode mudar tudo: se vocês viviam em uma nuvem na vida de recém-casados, o novo vínculo parental pode levá-los à loucura.

4. Pode ser que você se pergunte se fez a coisa certa

Nas grandes e intermináveis discussões sobre a relação, pode ser que você se pergunte se você fez a coisa certa ao se casar, isso é normal.

Você pode até mesmo começar a se imaginar divorciado(a) e solteiro(a) novamente. Não entre em pânico: é muito comum em todos os casais, casados ​​ou não, se imaginar deixando tudo e terminando o relacionamento.

Embora, infelizmente, existem muitos casamentos que terminam em divórcio, não pense que um pensamento ruim pode conduzir diretamente a isso.

5. Você vai ter que fazer coisas que não deseja fazer, e vice-versa

O casamento significa compartilhamento, o que inclui ceder de vez em quando. Certamente há muitas coisas que você não gosta de fazer que lhe agradam, e vice-versa. Os dois têm que se dedicar um pouco de sua parte e se esforçarem para formar uma vida juntos.

6. Você vai sentir que vale a pena cada minuto

Por mais que todo mundo goste de se sentir forte e independente, não há nada melhor que estar ao lado de quem te entende e te deseja. É disso que se tratam as relações afinal de contas.

7. Você vai poder ter um cãozinho que tanto queria

Se seus pais não te permitiam ter um cachorrinho, com casamento você vai ter sua casa e até o seu cão.

8. Tudo que for dele(a) é seu e vice-versa

Não estamos falando de coisas que são compradas em comum, mas todas as que são dele(a) e ele(a) compartilha com você como se fossem suas. Assim como você já se acostumou a dividir seus pertences com ele, como acontece em uma casa de casal.

9. O casamento previne o câncer de bexiga

Os homens casados ​​podem agradecer às suas esposas porque o casamento pode também melhorar sua resistência ao câncer de bexiga. O apoio psicossocial é conhecido por impulsionar o sistema imunológico do corpo que também está associado a diminuição no risco de problemas coronários

10. Quem é casado transa mais

Homens casados fazem mais sexo do que os não casados ​​em um período de 12 meses. De acordo com o Instituto Kinsey, 23% dos homens não casados ​​passam até um ano sem sexo, em comparação com 1% dos homens casados.

Entretanto, 36% dos homens casados ​​têm relações sexuais duas a três vezes por semana, enquanto que apenas 19% dos indivíduos solteiros conseguem a mesma quantidade de atividade sexual ao longo da semana.

Veja também:

13 maneiras simples e diárias de tornar seu casamento mais forte do que nunca!

 

Via VIX

 

Compartilhe esse post:
Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: