Perdoe seus erros, celebre seus tropeços.

Não me importo mais tanto em errar, é uma constante, é sina do ser humano ser fadado ao erro. Triste seria se não pudéssemos errar, se vivêssemos em uma eterna convicção teatral de perfeição, não haveria graça, só haveria o simples e maçante aplauso da monotonia. Vivemos no meio de seres errantes, não é justo se culpar tanto por tudo que já passou, mesmo que doa, que tire seu sono, se perdoe, sim.  Quando você tem a consciência plena de que quer melhorar e humildade suficiente para enxergar seus erros, você merece se perdoar. Tire do seu peito aquela culpa … Continue lendo Perdoe seus erros, celebre seus tropeços.