Acorda, meu camarada.

E um belo dia, acontece. Seu crush platônico some. Te exclui das redes sociais. Você pergunta se aconteceu algo. Ela não responde. E aí vem a dor de verdade. O silêncio digital dói mais do que qualquer “não” falado na cara, seja este proferido ou não com cuidados, floreios ou qualquer frescura do tipo criada para tentar não machucar. Mas que machuca sim, de qualquer modo. Não, não falemos aqui sobre covardia, falta de educação ou desculpas do tipo. Meu amigo, você sabe: isso não importa. O que importa é que está na hora de encarar os fatos (o que … Continue lendo Acorda, meu camarada.