Eu vou morrer de tesão por ele. | Me Apaixonei

Eu vou morrer de tesão por ele.

328
0
Compartilhe:

Suspiros, sorrisos e pernas bambas.

É mais uma sexta na qual magicamente me perdi do caminho de casa e estacionei na vida dele. Silêncio suspeito e aquele ar condicionado que nunca refresca o bastante. Eu vou morrer de tesão, por ele, bem agora, e não vai ter versão mais gloriosa para estampar o jornal.

Reta final, como um viciado no último estágio preso entre a crise de abstinência e a overdose: Não tem mais salvação.

Minha respiração é tesão por ele. Um tesão pesado que só consegue se mover por guindaste. Um tesão enorme, maiúsculo que ocupa uma quadra inteira e ainda brilha no escuro. Brilhante e urgente e talvez vermelho.

Um inconsequente tesão que me toma a agenda na hora que quer, pelo tempo que quer e insaciável, me espera na porta do elevador quando estou indo embora dele, monopolizando meus pensamentos pelas 48h seguintes e nas seguintes das que virão depois.

O sempre disposto e receptivo tesão, que me atormenta noite e dia, por vezes não da folga nem nos sonhos, e me inunda com memóriass de sensações físicas nos momentos mais inoportunos. Sádico tesão, dando risada da minha cara, enquanto aperto forte uma perna na outra, tentando conter o incêndio que a lembrança do corpo dele provoca instantaneamente.

O meu tesão é por ele inteiro. Com ou sem roupa, com ou sem barba. Na cadeira, na mesa, na cama ou no carro. É tesão antes e depois, quando tem gargalhada e conversa leve e quando falta força até pra respirar. Tesão que muda o tom de voz e dissipa os pensamentos lógicos. Tesão com o qual preciso lutar para me deixar ir embora quando o relógio e a rotina atiram pedras na janela. Tesão que me faz andar até em casa com aquele sorriso besta me deixando convicta de que até o porteiro sabe o que estava fazendo a algumas quadras atrás.

Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: