Era medo de te perder

Você nunca entendeu meus medos. Você achava engraçado, caçoava de mim até eu ficar vermelha de raiva com os braços cruzados na frente do peito. Você morria de rir mesmo, dava aquelas gargalhadas altas que faziam meu mundo inteiro tremer. Daquelas que fazem a barriga doer e as ruguinhas ao lado dos olhos aparecerem.   Você nunca entendeu ou fui eu, que nunca me fiz entender? Eu só sentia aquele aperto no fundo do meu ser toda vez que você ia embora, mesmo que fosse voltar em dois minutos. Aquela saudade que existe antes mesmo da saudade existir. Eu nunca … Continue lendo Era medo de te perder