A diferença entre “ser amado” e “ser útil”

Ter utilidade para alguém é uma coisa muito cansativa. É verdade que é algo que nos realiza. Humanamente falando, é interessante nós termos determinadas coisas ou sabermos fazer determinadas coisas, e sabermos que alguém gosta de nós por isso, mas eu acredito que a utilidade é um território muito perigoso, porque muitas vezes a gente acha que o outro gosta de nós, mas não. Ele está apenas interessado naquilo que a gente faz por ele. E é por isso que a velhice é esse tempo onde passa a utilidade e fica só o nosso significado como pessoa. Eu acho que … Continue lendo A diferença entre “ser amado” e “ser útil”