Você apareceu no meu filtro da memória | Me Apaixonei

Você apareceu no meu filtro da memória

317
0
Compartilhe:

Era manhã de quinta-feira, a chuva caía lá fora, fiquei muito tempo observando pela janela os pingos da chuva e me veio você na memória, peguei o celular e pensei em te ligar. Mas seria em vão ligar, eu já sabia que você nunca poderia atender minha ligação.

Voltei a observar a chuva na intenção de não me lembrar de você, mas quando percebi já estava presa em meus pensamentos lembrando de todos os momentos bons que vivemos, das suas histórias de quando era criança, das manhãs assistindo televisão, e imaginando todos aqueles momentos que poderíamos ter vivido se você ainda estivesse aqui comigo.

É engraçado sabe, sempre me disseram que com o tempo eu iria me acostumar com a sua ausência, mas já se passou tanto tempo e sinto como se fosse o primeiro dia sem você. Sempre que chego em casa, querendo ou não, ainda lhe procuro por toda a casa na esperança de te encontrar, sentir teu abraço, ouvir sua voz dizendo que apenas estava em uma longa viagem.

E falando em voz, que saudade eu sinto da sua, das conversas, das reclamações, de ouvir você chamar durante a noite. Nunca imaginei que sentiria falta de tantas coisas que julgava simples e descobri que a simplicidade guarda consigo os sentimentos mais valiosos.

A verdade é que você se foi, mas eu nunca lhe disse adeus. No meu coração existe um lugar totalmente reservado à você, dentro dele existe uma chama chamada amor e toda vez que lembro-me de você ela fica ainda mais forte. E eu lhe prometo, essa chama sempre se manterá acesa pois não haverá um dia em minha vida em que não pensarei em ti.

Letícia Barbosa

Deixe seu comentário: