• 16
    out

    Eu te amo nessa distância assim

    Estava tocando The Piano Guys enquanto você checava sua mão para ter certeza do dedo certo para colocar a aliança na minha. Nunca vi alguém tão mais lindamente atrapalhado… Queria me certificar do nome da música, mas tudo o que consegui fazer foi registrar o momento… Nunca havia chorado antes, por estar feliz. Na verdade, creio que sentia gratidão, misturado ...
  • 16
    out

    Não tenha medo da felicidade

    Quando era criança, sempre que dava boas gargalhadas ouvia minha mãe me dizer: “quem muito ri acaba chorando”. E fatalmente, isso acontecia, quer por coincidência, quer por profecia. E assim, ao longo de toda a minha vida, sempre que me pegava muito feliz, ficava a espera do momento em que tudo acabaria, em que toda a alegria seria encoberta por ...
  • 28
    set

    Às vezes a gente só tem medo de ser feliz

    – Onde você está indo? – Acho que vou embora… – Mas por quê? – Não sei se vou conseguir ficar, não sei se posso lidar com tudo isso. – Você não disse que estava feliz? Que não queria perder isso nunca mais? – E estou… Você é a melhor coisa que aconteceu na minha vida… Você não entenderia… A ...
  • 28
    set

    QUANDO AS CICATRIZES FICAM NA ALMA

    Ele tirou a roupa diante dela e ficou completamente nu. Não tinha uma nudez bonita, o corpo era repleto de cicatrizes e ela notou que alguns ferimentos ainda estavam abertos, outros cicatrizando e os já curados pareciam ter sido bem profundos. – Onde será que ele se meteu para ter se machucado tanto assim? – Pensou. Ia perguntar, mas esperou. ...
  • 28
    set

    Ciúmes: a ferrugem do amor

    Ciúmes às vezes é a mais completa expressão de medo, insegurança. Às vezes o amor é tanto, que o outro teme perder tudo isso. É falta de confiança, não na outra pessoa, mas em si mesmo, na capacidade de despertar no outro um sentimento tão intenso que não permita que ele vá embora. Mas o ciúmes cega… Ah sim, cega! ...
  • 28
    set

    Acho que viver é um sonho que sonha acordada

    Hoje, enquanto caminhava para o trabalho, olhei para o reflexo do sol entre as árvores e achei uma beleza ímpar no contraste do verde das folhas com o lilás do Ypê e o amarelo da Sibipiruna vizinha. “Clique”, registrei na minha memória fotográfica e dei um sorrisinho. Quantas coisas para agradecer! – Pensei. Lembrei-me do meu filho sentadinho na cadeira, ...
  • 6
    set

    Não era primavera, mas você floriu pra mim

    Ele era cinza por fora, ela, cinza por dentro. Cinza era a cor daquelas pessoas que na realidade não tinham o lado interno ou externo sem cor, mas tinham uma vida toda de rimas entre amor e dor que acabou desbotando um muito a tela de suas vidas. Existiam raízes vivas no peito de cada um, raízes dispostas a brotar ...
  • 29
    ago

    E se você desligar o celular?

    Tem um tempo, assisti um episódio de CSI onde a moça morreu em casa e levaram dias para descobrir, porque ninguém sequer a conhecia no mundo real e fora das paredes de sua casa. Tudo o que ela fazia, incluindo suas compras, era online e por aplicativos. Todo o seu vasto e infinito mundo se concentrava atrás das telas, plugado ...
  • 22
    ago

    Relações tóxicas: a gente precisa conversar sobre isso!

    Na semana passada compartilhei um link falando sobre relacionamentos tóxicos. Surpreendentemente (para mim), a postagem foi visualizada por quase 23 mil pessoas até o momento. Foi a publicação record da página, mas não me deixou feliz. Na verdade, me entristeceu bastante pensar na quantidade de pessoas que se identificaram com essa situação. Então depois de muito pensar, achei que… Precisamos conversar ...
  • 16
    ago

    Como a gente faz durar uma relação?

    Como é que a gente faz durar uma relação? Dessas que comemoram bodas de papel, algodão, madeira, estanho, cristal, porcelana, prata, ouro, diamante, brilhante? (E eu nem sabia que existiam tantas bodas assim!) A gente sabe, não é fácil. Na verdade, é bem difícil! Hoje em dia as redes sociais enganam muito os corações esperançosos na concretização dos contos de ...
  • 14
    ago

    O tipo de amor que eu quero

    Ando me perguntando repetidamente: O que você quer? E como coleciono tentativas falhas de não pensar com o coração, decidi assumir, para mim, que sou uma confessa receptora de sentimentos (sem filtros, acho que infelizmente. Estou decidindo ainda). Como se meu coração fosse um pote mágico que se adapta ao volume de sentimentos recebidos sem nunca transbordar ou estar cheio ...
  • 14
    ago

    Cobertor Pequeno

    Você já dormiu com um cobertor pequeno numa noite fria? É um balé sob lençóis! Você cobre os braços, descobre os pés, estica o cobertor com o calcanhar e descobre o pescoço. Uma noite de cão! Não descansa, não esquenta totalmente e não consegue dormir. E se seu cobertor falasse, provavelmente diria: Ei! Pare de me esticar assim! Sou como ...
  • 10
    ago

    EU QUERO! A HISTÓRIA DE UMA MULHER QUE FEZ A VIDA ACONTECER.

    Mas que pessoa decidida era aquela? Puxou o banquinho, se ajeitou, cruzou os braços sobre a mesa, sorriu e começou a falar. Os olhos dela brilharam com a ideia de contar aquela história (aquelas histórias). Para compartilhar com você, não tem outro jeito que não seja eu tentar reproduzir a história, rezando para fazer jus e empregar a entonação correta ...
  • 9
    ago

    Ah, saudade! Hoje tô meio cansada de você!

    SA.U.DA.DE – Sentimento melancólico devido ao afastamento de uma pessoa, uma coisa ou um lugar, ou à ausência de experiências prazerosas já vividas. Já falei de você, senhora. Várias vezes, de diversas maneiras diferentes. E essa foto que copiei de um poema lindo de Pablo Neruda, me faz ter vontade de falar de você novamente, porque é teimosa, gosta de ...