7 mitos sobre o relacionamento que você precisa esquecer | Me Apaixonei

7 mitos sobre o relacionamento que você precisa esquecer

2459
0
Compartilhe:

O site de notícias Huffington Post elaborou um artigo onde desmitifica alguns dos mitos mais populares da sociedade atual no que diz respeito a relacionamentos.

Por isso, trouxemos hoje alguns mitos que você precisa esquecer e aqui vão eles:

Homem roncam mais do que as mulheres

Os homens roncam mais do que as mulheres só até certa idade. De acordo com Michael Breus, membro do American Academy of Sleep Medicine, assim que as mulheres entram na menopausa elas começam a roncar com muito mais frequência que os homens.

Fazer sexo provoca sono

Se pensarmos um pouquinho percebemos que isso não é assim tão linear. Os casais que possuem uma boa vida sexual e estão em sintonia é normal que acabem por ficar mais cansados e ter mais vontade de descansar, revela o autor Paul Rosenblatt.

Se por exemplo levamos uma vida sexual pouco satisfatória isso pode resultar em ansiedade, levando a que tenhamos dificuldade em adormecer. Ou seja, não é qualquer tipo de sexo que nos faz ficar exaustos e com vontade de dormir.

Mulheres gostam mais de dormir de conchinha do que os homens

“A ideia de que apenas as mulheres tiram benefícios de dormir de conchinha com o seu parceiro – relativamente ao faco de necessitarem de se sentirem protegidas e seguras durante a noite – nunca foi provado” revela a psicóloga clínica Wendy Troxel. “Contudo os dados mostram que tanto os homens como as mulheres se beneficiam em ter um parceiro e de dormir de conchinha com ele”, afirma.

Não devemos ir dormir chateados

Esta é uma frase normalmente associada aos casais, que não devem compartilhar a mesma cama se têm assuntos pendentes. Um estudo revela que não é a raiva que sentimos pela outra pessoa que vai afetar o sono, mas sim a necessidade de conflito e confronto. A mesma fonte revela que se, por exemplo, tentarmos falar sobre o assunto com o nosso parceiro e resolver o problema isso também pode afetar a qualidade e quantidade do nosso sono. Ou seja, o melhor é cada um decidir por si.

 

Os casais que têm rotinas diferentes não são felizes

É quase impossível que um casal consiga dormir na mesma hora. E isso é influenciado, em grande parte, pela profissão e horário que cada um leva no seu dia a dia. “Um casal não tem que ir dormir ao mesmo tempo para ser feliz”, revela a psicóloga clínica Janet Kennedy. Para a especialista isso pode causar frustração, mas o truque deve passar por juntos criarem uma rotina e fazerem algo a dois até o parceiro adormecer.

 

As pessoas com insônias são infelizes

Segundo Janet Kennedy, é errado julgarmos um relacionamento apenas com base no sono. Apesar de existirem estudos que demonstram que as mulheres que levam um casamento infeliz têm mais probabilidades em sofrer de insônias, é necessário ter cuidado na relação causa-efeito e fazer conclusões erradas.

 

Os casais felizes dormem juntinhos

O fato de dormirem em lados opostos da cama e sem contato físico durante a noite não é um indicador de infelicidade na relação. Coisas simples como temperaturas corporais diferentes, o fato de um roncar ou se mexer constantemente durante a noite pode levar a que um casal não consiga dormir agarradinho durante a noite. Alias há casais que preferem passar o dia agarrados em vez de o fazerem à noite.

Sapo Lifestyle

Deixe seu comentário: